Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

vila de cano - canoonline - João Mot@



Mensagens

Quinta-feira, 27.09.12

Porque a tua opinião conta !

 

Inquérito aos  visitantes do Blog, vamos ver quem vai responder, basta clicar no comentar, depois clicar onde diz; não tem blogs do sapo;  por o nome comentar  e por fim  publicar comentário!

 

1º O que achas do Blog?

 

2º O que gostarias de ver aqui postado?

 

3º O Blog faz falta ?

 

4º Qual foi o artigo que mais  e menos gostaste?

 

5º Qual é o teu nome ?

 

6ª Queres ser nosso Colaborador?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 14:50

Quinta-feira, 27.09.12

1º RAID AÉREO ÀS COLÓNIAS PORTUGUESAS (1928

 

 

             Com a chegada dos primeiros aviões a Portugal (1912) e a criação da Aviação Militar, surgiram os pioneiros dos “Raids” de longa distância.

            Depois de Sacadura Cabral (piloto) e Gago Coutinho (navegador) terem realizado a primeira viagem aérea entre a Europa e a América do Sul (1922), em 62 horas e 26 minutos e percorrido a distância de 8.383 km, 6 anos mais tarde (1928), um outro feito ficou registado na história da aviação portuguesa e na de um filho de Abrantes                                               

            Foi no dia 5 de Setembro de 1928, que o jovem abrantino Capitão Celestino Pais de Ramos, então com 33 anos, descolou da Amadora no seu avião “Vicker motor Napier de 450 cv” com destino aquela que ficaria para a história como a primeira viagem aérea efectuada às colónias portuguesas da Guiné, S. Tomé, Angola e Moçambique.

            Piloto hábil e experimentado, seguindo a escola dos grandes navegadores, Pais Ramos (piloto e comandante da expedição), Oliveira Viegas (piloto), João Maria Esteves (navegador) e Manuel António (observador e mecânico), após 51 dias com escala em mais de 30 localidades, 101 horas de voo e terem percorrido mais de 15.000 km, chegam com os aviões bilugares “Vickers Valparaíso I” nºs 1 e 2 ao território de Moçambique (Zumbo), no dia 16 de Outubro de 1928. Depois de terem passado por Tete, Beira e Quelimane, regressam novamente à Beira com destino a Lourenço Marques onde chegam no dia 26 de Outubro de 1928.

            Com esta viagem experimental, rudimentares meios de navegação, avarias do motor, condições climatéricas adversas e acentuado desgaste físico (voava-se com a cabeça exposta ao vento e à chuva, em aviões de “pau e pano”…), Celestino Pais Ramos e a sua equipa demonstraram numa acção gloriosa ser possível fazer por avião, após várias escalas de reabastecimento, a ligação aos mais recônditos lugares do Mundo. Com esta assombrosa viagem aérea ao continente africano foi reposto o progresso aeronáutico que já existia noutras nações.

             Depois de um merecido descanso e muitas honras prestadas aos heróis da maior aventura aérea até então efectuada, o Capitão Celestino Pais Ramos o Tenente João Esteves e o 1º Sargento Manuel António regressam à Metrópole no navio “Niassa” e desembarcam em Lisboa, no dia 15 de Dezembro de 1928. No dia 4 de Janeiro de 1929, a bordo paquete alemão “Usubara”, chega a Lisboa o Capitão Viegas.

            O “Raid Lisboa/Moçambique” não teve o intuito de competir com as viagens até então realizadas (Travessia Aérea do Atlântico Sul, por Sacadura Cabral e Gago Coutinho e a viagem Portugal Macau, por Sarmento de Beires e Brito Pais). Pais de Ramos, entrevistado pelo Jornal de Noticias (5 de Setembro de 1928), momentos antes de começar a sua maior aventura, declarou que a viagem apenas fora motivada: 1) pela vontade dos aviadores portugueses ligarem por via aérea as colónias ultramarinas 2) pelas vantagens politicas, comerciais e militares 3) pela vantagem particular que a aeronáutica portuguesa teria no treino de viagens de longo curso (a) .

            Quando realizou o “raid aéreo” Amadora/Moçambique, Pais de Ramos já demonstrara ser um hábil e destemido piloto. Do seu currículo constava as viagens: Lisboa/Madrid em 1923 e 1925 e Lisboa/Casablanca/Lisboa em 1926, esta última com Jorge de Castilho, de cariz científico.

            Dado a aventuras, como que a adivinhar a maior proeza da sua vida que adviria dois anos mais tarde (1928), em 1926, Pais Ramos, então com de 31 anos, assombrou a Vila do Cano, terra da sua progenitora fazendo uma audaciosa aterragem no Largo do Rossio. Presenciado e festejado por toda a população foi o acontecimento registado.

 

 

Image and video hosting by TinyPic 

 

 1926 – Largo do Rossio, na Vila de Cano, a foto foi cedida ao canoonline pelo saudoso António Rovisco.

            Oitenta e dois anos após o Major Aviador Celestino Pais Ramos e a sua equipa ter efectuado o “raid aéreo” Amadora/Guiné/S. Tomé/Moçambique, o “Jornal de Alferrarede” recorda esta extraordinária aventura.

            Ligados à “Expansão Ultramarina” (séculos XV/XVI), Abrantes tem muitos e ilustres filhos na sua galeria. Com a “Expansão Aérea” (1922/1928), à imensa galeria de filhos ilustres foi colocado o nome de Celestino Pais de Ramos. Do registo paroquial da Freguesia de S. Vicente, no livro de baptismos, sob o número 86, folha 47 e verso consta: Celestino, nascido na Rua Marquez de Pombal, freguesia de S. Vicente de Abrantes no dia 21do mês de Junho de 1895.Foi baptizado nesta mesma freguesia, no dia 19 de Outubro de 1895, como filho legitimo de José Luís Ramos, major reformado, natural da freguesia do Sardoal e de D. Joana Lúcia Vilela Ramos, natural da freguesia do Cano, concelho de Sousel.

            Trinta anos depois (5 se Setembro de 1958) o Coronel Viegas diria do seu companheiro de equipa: Lembro-lhe que Paes de Ramos pilotou desde a Guiné a Luanda ardendo em febre e pondo como preocupação número um, a despeito do seu estado de saúde, manter a regularidade da viagem porque considerava a responsabilidade que a todos cabia […]

            Do curriculum de Pais de Ramos constam as condecorações: Ordem Militar da Torre de Espada, Medalha da Vitória da Campanha do Exército Português em França, 1ª Classe de Mérito de Espanha, concedida por D. Afonso XIII, Medalha de Ouro de Bons Serviços de Prata de Comportamento Exemplar e Cruz de Bronze da Cruz Vermelha. Era Oficial das Ordens de Avis e de Cristo.

            Prematuramente, aos 45 anos de idade em 1940, o então Major Celestino Pais de Ramos  faleceu no Hospital da Ordem Terceira de S. Francisco (a Jesus).

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 14:32

Segunda-feira, 24.09.12

Para quem nos apelida de penetras!!!

Image and video hosting by TinyPic

O que é que nós bloguers ganhamos com as publicações???? muitas das vezes coices e maus olhados!!!!, mas também há a parte gratificante em que nos mandam parar na rua e nos dão os parabéns pelos artigos, há também os ausentes que quando regressam a terra Natal nos dão os parabéns a alguns até choram  com as alegrias que lhes mostramos, costuma-se dizer santos da terra não fazem milagres e isso é uma verdade, vocês sabem quantas horas perdemos de sitio em sitio para  de forma gratuita publicitar-mos isto e aquilo, nós bloguers temos ferramentas internas e externas para sabermos que por exemplo temos  800, 900, 1000, visitas!!! e dessas visitas todas muitos se deliciam com os artigos e poucos comentam, para ao menos para  dizer obrigado continuem!!!, sabem sim por defeitos, sabem sim comentar no anonimato, para difamar este ou aquele, para os que tiram umas fotos de telemóvel e postam no face e que dizem eu também publicito, esquecem-se que ao seu mural só tem acesso os amigos, não se esqueçam disso, os blogs estão abertos ao publico, isso porque nós queremos, porque também temos ferramentas para os por privados e para finalizar um recado para alguns que dizem quando chegamos aos eventos que somos penetras!!!!,  vão ao talho comprem um osso buco e vão para baixo da mesa, passar umas horas a roer!!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 20:40

Domingo, 23.09.12

Entrega de ambulancias amanhã ás 11 horas em sousel

Pelo que me disseram vem um Ministro fazer a entrega das mesmas,  acho que fica uma em Sousel, estas coisas eram para ser divulgadas, ou o Ministro estará com medo dos assobios, ehehheheh.

 

 
 

 

 

Onze concelhos do Alentejo vão ter, a partir de 1 de Outubro, postos de emergência médica nas corporações de Bombeiros, equipados com ambulâncias e desfibrilhadores automáticos externos, revelou à Lusa fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM). Os postos vão ser instalados nas corporações de Bombeiros de Aljustrel, Almodôvar, Serpa, Alter do Chão, Avis, Campo Maior, Fronteira, Gavião, Monforte, Sousel e Alpiarça. De acordo com o INEM, os protocolos incluem a entrega de 11 ambulâncias e outros tantos desfibrilhadores, a prestação de formação em emergência médica e o pagamento às corporações de subsídios periódicos de apoio ao funcionamento dos postos. A cerimónia de assinatura dos protocolos de colaboração entre o INEM e as corporações de bombeiros vai decorrer hoje, segunda-feira, a partir das 11 horas, no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Sousel. Na cerimónia será também entregue uma nova ambulância aos Bombeiros Voluntários de Évora para substituir a que atualmente está ao serviço do posto de emergência médica do INEM instalado na corporação.

 

In lusa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 21:35

Sábado, 22.09.12

Foral Vila de Cano 500 Anos

Fiz um convite a um amigo Canense que também gosta de escrever sobre tudo um pouco, fico a aguardar o texto amigo J.G.

 

Certamente que não vou ignorar o repto, até porque vivi internamente este evento, pelo que sou suspeito nos elogios, por isso me abstenho de os fazer, foi sem dúvida um acontecimento que motivou os Canenses, e não só, a visitar-nos e só por isso já valeu a pena o muito trabalho e empenho dos seus promotores. Isto foi a festa,,e agora? dirão alguns, é pena fechar-se a porta, ao que outros respondem,,,é viável mantê-la aberta?, aqui apetece-me recordar quando foi solicitado a um Presidente da Câmara, que se instalasse neste espaço, o "malogrado" Museu dos Cristos, será que não ficava resolvido o problema da porta, aberta ou fechada?, os Cristos é uma colecção inédita, cuja dimensão penso não ter igual no nosso país e tenho dúvidas se na Europa o que me leva a pensar, quantas pessoas visitariam a nossa terra e o nosso concelho, o facto que relatei, passou-se há mais de dez anos, já nessa altura as peças se encontravam encaixotadas, cujo investimento, que não foi pequeno, não tinha tido o retorno de um cêntimo, para além da degradação, felizmente soube hoje que a última questão não se põe. alguém se encarregou da sua manutenção e conservação, valha-nos isso!! 

 

Joaquim Mendes Gil 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 21:21

Quinta-feira, 20.09.12

Novo Pároco para a Vila de Cano

 Carlos Manuel Silva Terras da Fonte, será brevemente  o pároco de Cano, Casa Branca, Santa Vitória do Ameixial e São Bento do Ameixial.

 

 

Image and video hosting by TinyPic

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 14:37

Quinta-feira, 20.09.12

R.I.P. Ana Teresa Pina

No céu está mais uma estrela ! Adeus amiga - Ana Teresa Pina

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 13:25

Quarta-feira, 19.09.12

Lançamento da 1º pedra do novo Centro Escolar de Sousel .

 

 

 

hoje deu-se um passo muito importante para o futuro dos nossos filhos na área da educação o lançamento da 1º pedra  do novo Centro Escolar de Sousel , penso que será , 1º ,2º e 3º ciclo, um projeto muito moderno, pois pela fachada do projeto a meu ver parece uma estante com livros, com  cores espetaculares,  penso que esta será das obras mais importantes deste mandato camarário, quanto a mim uma das mais importantes obras deste concelho, infelizmente não consegui estar presente no lançamento da 1º pedra, por razões pessoais, mas "roubei" ,pedi  a foto do mural no Facebook da CMS.

 

 

                                        Foto by CMS

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 15:05

Domingo, 16.09.12

Lembram-se disto ?????

 Alguem quer saber o porquê da placa ter saido de lá ??????????

 

500 anos não são 500 dias, temos umas entradas completamente ao abandono, porque não fazer um mural numa delas, nem que seja em “papel” a assinalar esta data, comecem a pensar nisso aqueles que são pagos para isso………

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 14:39

Sábado, 15.09.12

Artigo de opinião - enviado por; João Maia

Dando a minha contribuição para o debate em torno do endividamento da Câmara Municipal de Sousel, proponho que o mesmo se centre em torno do valor do capital em divida a médio longo prazo por parte do Município. É este valor que atesta a capacidade da Câmara Municipal de Sousel de fazer investimento significativo no futuro. Como comprova o relatório de gestão financeira da Câmara para o ano de 2011 (pág.33), este valor, à data do fim do ano passado, era de 4.027.105,95 euros. O Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sousel desculpa-se normalmente no facto da lei das finanças locais não ser cumprida para as finanças do nosso Município atingirem estes valores. Pois bem, mesmo partindo do princípio que tais valores dariam entrada na contabilidade camarária, a capacidade de endividamento a médio longo prazo da Câmara Municipal de Sousel já seria, à data deste relatório, de 76% do limite legalmente permitido por lei. A sua taxa de crescimento anual tem sido de 9/10% ao ano. Poder-se-ia dizer que o Concelho e os munícipes, em geral, têm tirado partido destes gastos. Mas será assim? Num concelho onde o aparelho laboral e económico tem vindo progressivamente a morrer! Como Coordenador da Secção Concelhia de Sousel do Partido Socialista é da minha disponibilidade garantir que, caso o PS seja poder autárquico em Sousel a partir de 2013, o investimento público local terá outro volume e outra orientação. A prioridade será dada à criação e captação de investimento privado, nomeadamente além-fronteiras. Áreas como o desporto e a cultura não serão negligenciadas, mas os gastos pretendem-se que sejam equilibrados e criteriosos. O aparelho da Câmara Municipal não deve ser transformado numa máquina gigantesca de organização de eventos para tirar dividendos eleitorais.  A fatura, como tem sido dito, apresenta-se aos munícipes sobre a forma de aumento de taxas e impostos. Todos acabamos por pagar e bem caro.

Para estas questões o executivo municipal tem sido alertado com frequência e tem tido oposição política. Falando do meu papel e do papel de colegas meus na assembleia municipal, por várias vezes recusamos votar favoravelmente documentos que implicavam gastos mal ajuizados para o Município de Sousel.

 

Esta oposição tem sido uma constante desde o início deste mandato autárquico. 


 João Maia

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 18:06

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Contador


Visitas

online



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D