Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vila de cano - canoonline - João Mot@



Mensagens

Sábado, 09.06.12

A história das cigarras e das formigas… Por José Guilherme Silva

 

 

                                        muitos anos atrás existia em Portugal uma formiga…que era séria, modesta na sua vida privada, que não utilizava os dinheiros públicos em beneficio próprio ou dos seus amigos, que procurava educar o seu Povo face às dificuldades reais da vida, que não prometia utopias, muito menos aconselhava as pessoas a comprarem automóveis quando estas não tinham capacidades sequer para comprar bicicletas e sobretudo não permitia que as muitas cigarras já na altura existentes aparecessem em lugares onde pudessem fazer “festa”…,

…No entanto essas cigarras iam olhando para aquilo que a formiga foi amealhando que tornava a sua Nação invejada por todas as outras…por isso começaram a juntar-se e aproveitaram a coragem dos Capitães de Abril e apareceram…ávidos de festas, loucuras e sobretudo com os cofres do País cheios…! Iniciaram logo ali um dos mais tristes períodos desta pequena terra que se chama Portugal…! Gastos absurdos, delapidação do que existia, aproveitamento dos lugares, desvio de verbas, feriados, direitos para toda a gente (sobretudo para eles) …e obviamente festas…muitas festas, já que enquanto está em festa, o Povo levado pelas mentiras de que está tudo bem, nem se lembra que no dia seguinte continua a ter a sua vida…! No entanto passaram trinta e tal anos…o dinheiro que nos iam dando (CE) acabou…e há muitos anos que as cigarras já está a gastar da mesma forma o que não têm…criando divida pública, ou seja divida para todos nós e hipotecando o futuro de várias gerações…estamos já no final dessa fase…pois também os outros membros da Comunidade Europeia há um ano disseram…” Gastaram…!!!??...agora trabalhem…!!!”…, - Entretanto as cigarras que ainda estão no poder…desde a Presidência da República…até á mais simples Junta de Freguesia…começam a não ter dinheiro…a não ter de comer para o Inverno que tal como o Verão das Cigarras irá demorar dezenas de anos a terminar…! Então o novo processo que se está a iniciar agora é que as cigarras…começam gradualmente a aparecer às portas das ainda muitas formigas que existem no País e que foram trabalhando e poupando…e dizem a estas formigas…-”…tenho fome, tenho frio…não tenho dinheiro para mais festas…e o Inverno está aí…! “ – a formiga…cansada já de há muitos anos vir a sustentar estes milhares de cigarras incompetente agora já dirá…- “ não, não…tens fome, vai trabalhar que foi aquilo que eu fiz toda a minha vida…enquanto tu andaste em passeios fazendo uma vida acima daquilo que podias, com bons carros, férias, cantando e rindo…sem nunca te preocupares com o teu futuro nem dos teus…”- a cigarra ou as cigarras terão ainda forças para se juntarem e dirão…”- a formiga é fascista…tem comer e eu não tenho, tem lenha para a lareira e eu não tenho…vamos roubar a formiga…”

Não é o que se está a passar já…??? Até quando…??? Só que agora pode não haver cravos…!

 

José Guilherme Silva

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 17:17


1 comentário

De Carmen Casa Branca a 10.06.2012 às 22:32

Parece que a formiga não quer ver e está sempre a dar o que tem e o que não tem... a formiga é um bicho estupido mas felizmente em vias de extinção... vai ter que surgir por aí um animal com meio termo!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Contador


Visitas

online



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D