Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vila de cano - canoonline - João Mot@



Mensagens

Domingo, 06.09.09

Canoonline, lembram-se deste conto??

 O velho, o rapaz e o burro

 
            Avô e neto foram à feira vender o burro. Para que o animal tivesse um aspecto fresco o avô decidiu que não montassem o animal, pelo que caminhavam a pé junto dele.
Ao passarem por um grupo de pessoas estas riram-se e comentaram:
            - Olha estes dois vão-se a cansar e o animal todo fresco.
            Ouvindo isto o avô disse ao neto que o montasse, sempre era mais leve e assim o povo não falaria.
            Mais adiante outros criticaram:
            _Se tem jeito! O rapaz que é forte vai consolado no burro e o velho, já cansado da vida, vai a pé.
            De imediato o avô pediu ao neto para se apear e montou ele o burro.
            Não foi preciso andar muito para alguém comentar:
            _ Não acredito! O velho obriga o rapaz a ir a pé quando o burro pode bem com os dois.
            O avô nem pensou e disse ao neto para montar também e seguiram os dois no burro.
            Pouco andaram e foi com espanto que ouviram:
            _Malvados! O pobre animal vai com peso destes dois. O burro merecia era que o levassem às costas.
            Já pouco satisfeito o avô disse ao neto que iam desmontar e de seguida pediu-lhe que o ajudasse a pegar no burro às costas.
            Alguns metros adiante, um grupo que passava, parou a olhar espantado e um deles comentou:
            _ Mas afinal quem é o burro?! Nunca vi coisa assim! O mundo está ao contrário.
            Finalmente o avô disse ao neto para pousarem o burro e caminharem ao lado dele como quando tinham saído de casa. Feito isto foi comentando com o neto:
            _ Que nos sirva de lição; devemos agir pela nossa cabeça. Se dermos ouvidos a toda a gente já sabemos: cada cabeça sua sentença.
 
 
 

 

Image and video hosting by TinyPic

 

PS: É claro que este conto quer dizer alguma coisa, o que será ?????

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 12:01


4 comentários

De Anónimo a 06.09.2009 às 13:24

Para meteres este conto parece que tambem ouviste o que corre na nossa freguesia,ontem num cafe estavam a criticar o que uma instituição de caridade faz...
tive a oportunidade de falar com o visado , que até se queria demitir do seu cargo,ao principio ele não queria fazer comentarios,mas depois lá foi dizendo que tem muito orgulho naquilo que faz,com a consciencia tranquila,e o que faz e´do seu proprio bolso,sempre no anonimato,sem corrupção,sem tachos,sem protagonismos, e que estes comentarios dao-lhe mais força para continuar, e quem critica e nada faz e pode fazer são os chamados parasitas da sociedade.

De mot@ a 06.09.2009 às 13:57

ola sr "anónimo", não sei se ouvi se sonhei, mas uma coisa e certa, e eu sei do que falo, sempre que se pratica o "bem" existe sempre quem tente denegrir a imagem de quem o faz, mas esse abutres que passam o tempo nas esquinas a falar da vida alheia, esses deveriam estar bem calados,  pois um dia poderão a vir a precisar de ajuda, mas há mais, se uma pessoa tem o azar de algo lhe correr mal na vida e cometar um erro, esses ditos abutres da humanidade, depressa lhe começam a deitar terra para cima, para ele não se levantar mais, e não deveria ser assim , se alguém erra deverá pagar pelos seus erros, mas também ser ajudado, pois o dia de amanhã ninguém o sabe , e mais não digo, pois hoje estou cá com uma inspiração, passava o dia nisto.


mot@

De Anónimo a 06.09.2009 às 23:26

~deixem lá as indirectas e falem por  claro

De Anónimo a 07.09.2009 às 10:57

serviu a carapuça foi ??????

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Contador


Visitas

online



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D