Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vila de cano - canoonline - João Mot@



Mensagens

Sábado, 22.09.12

Foral Vila de Cano 500 Anos

Fiz um convite a um amigo Canense que também gosta de escrever sobre tudo um pouco, fico a aguardar o texto amigo J.G.

 

Certamente que não vou ignorar o repto, até porque vivi internamente este evento, pelo que sou suspeito nos elogios, por isso me abstenho de os fazer, foi sem dúvida um acontecimento que motivou os Canenses, e não só, a visitar-nos e só por isso já valeu a pena o muito trabalho e empenho dos seus promotores. Isto foi a festa,,e agora? dirão alguns, é pena fechar-se a porta, ao que outros respondem,,,é viável mantê-la aberta?, aqui apetece-me recordar quando foi solicitado a um Presidente da Câmara, que se instalasse neste espaço, o "malogrado" Museu dos Cristos, será que não ficava resolvido o problema da porta, aberta ou fechada?, os Cristos é uma colecção inédita, cuja dimensão penso não ter igual no nosso país e tenho dúvidas se na Europa o que me leva a pensar, quantas pessoas visitariam a nossa terra e o nosso concelho, o facto que relatei, passou-se há mais de dez anos, já nessa altura as peças se encontravam encaixotadas, cujo investimento, que não foi pequeno, não tinha tido o retorno de um cêntimo, para além da degradação, felizmente soube hoje que a última questão não se põe. alguém se encarregou da sua manutenção e conservação, valha-nos isso!! 

 

Joaquim Mendes Gil 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por @Mota@ às 21:21


6 comentários

De @Mota@ a 22.09.2012 às 23:19

o museu dos cristos ali era uma boa ideia!,poupava-se umas massas no museu e empregava-se ali no centro cultural, se não tiverem porteiro eu candidato-me ao lugar, lol

De João Richau a 23.09.2012 às 17:20

Têm toda a razão. Também lancei essa ideia no "Notícias de Sousel" quando lá escrevia. Mas desiludam-se, tal como eu já o fiz. A lógica do Concelho de Sousel nunca foi a descentralização e receio bem que nunca a venha a ser. Por outras palavras, tem que ser tudo em Sousel. Se não há espaços, gastam-se milhões a fazê-los. Alguém há-de pagar!
Por isso, vai sendo tempo dos canenses e amigos do Cano se unirem. Se a CMS apoiar, tanto melhor. Se não apoiar, vamos nós próprios pensar e contribuir para fazer do novo "Centro Cultural do Cano" um local a visitar e onde se possa aprender história. Se não for mais rápido é mais lento. Mas a coisa há-de se fazer! Contem comigo.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D